segunda-feira, 30 de abril de 2012

Um Recado Aos Blogueiros Cristãos




Projeto Manguinhos - 28/04/2012


Nota: 
1) Veja um pouco mais do que aconteceu no Projeto Manguinhos. Clique Aqui.
2) Saiba como participar de outros Projetos da Missões Urbanas. Clique Aqui.
 
Compartilhe
Bookmark and Share

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Como Pregar Para Adolescentes Cristãos


Às vezes me sinto meio dividida! Às vezes nem sei o que tenho que fazer, isso piora quando minha mãe fala do meu pai, e o meu pai fala da minha mãe, se eu defendo meu pai, ela diz que eu só defendo ele, se eu defendo minha mãe, ele diz que eu só defendo ela! É ai que eu as vezes finjo que não estou escutando, e não falo nada!


Sei que na Bíblia diz que devemos honrar pai e mãe[1], mas sabe vou confessar, eu respondo eles. Sei que é super errado, que Deus não se agrada mas eles às vezes estouram meu limite de paciência e eu infelizmente respondo eles, principalmente minha mãe. De vez em quando discutimos, e a frase dela sempre é a mesma: "É ISSO QUE VOCÊ APRENDE NA IGREJA?", é claro que não mais ela pede pra ser respondida! Mas eu não gosto disso! Mas com tudo isso me dou super bem com ela! 

¹"Honra teu Pai e Tua Mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor, o Teu Deus, te dá." Êxodo 20:12

Isa, Adolescente Cristã.


Cara, fico imaginando o que pretende uma mãe ao dizer à sua filha: é isso que você aprende na igreja? Essa frase é sinônimo, se não estou enganado, de “se é para ser assim, melhor cair fora”, ou seja, uma infeliz e subliminar sugestão. A adulta tão madura esquece ter gerado um ser humano dotado de uma mente pensante. A luta pela sobrevivência a faz esquecer que o seu bebê precisa muito mais do que comida e uma TV de plasma.

Para tal situação vivenciada por milhares de adolescentes cristãos é que seus líderes precisam se atentar. Afinal, você pode se esmerar na elaboração de dinâmicas durante um retiro ou outro. Você pode gastar tempo pensando em estratégias para atrair e manter os adolescentes nos cultos, porém, nada disso irá adiantar se não vier acompanhado das respostas. Todos as desejamos, muitos mais aqueles que transitam numa mutação físico-emocional.

Seja didático sem perder a biblicidade, sem trocar o cristocentrismo pelo entretenimento apenas. Todo seu esforço terá sido em vão se a sua mensagem não tiver aplicação prática já nas manhãs de segunda-feira (quando o assunto dos adolescentes é a farra do final de semana). Adolescentes fortes são nutridos com a porção da Palavra de Deus que lhes faz sentido. De que adianta formatar aulas nas quais o conteúdo se parece demais com as do colégio? Não dê pão para quem tem sede.

Saber um versículo não significa conseguir pô-lo em prática. Que o “que” seja acompanhado do “como”. Porque pais, sejam evangélicos ou não, têm atrapalhados demais a vida espiritual de muitos adolescentes. Isso é contraditório, confuso e requer deles uma dose maior de sabedoria. Não apenas para falar, porém, principalmente para ouvir e se calar. Adolescentes são capazes sim de dominarem suas emoções por meio do Espírito Santo de Deus. Basta que alguém lhes ensine como. E que alguém mais acredite nisso além deles mesmos.

Permaneçamos firmes!

Acesse também

Deus Quer Usar Os Adolescentes

sexta-feira, 20 de abril de 2012

E O Criolo Tem Razão




Ou a pessoa vem pelo amor ou vem pela dor. Quem é evangélico e nunca ouviu essa frase? Ela vem numa tentativa – dentre tantas – de se decifrar os desígnios de Deus na vida de um homem. É de causar cólicas a inquietação gerada pela falta de respostas ante aos mistérios da vida ainda que se professe uma fé. Aí, surge o cume onde parece estar a quietude que se procura e, talvez, inalcançável nesta existência.

Mesmo o cristão tem dificuldade em se contentar com a soberana vontade de Deus. Na verdade, é difícil sim, porque, cada um de nós é especialmente egocêntrico. Precisamos racionalizar, mastigar e mastigar até engolir o que nos atravessa a garganta. Parece, porém, que não precisa ser assim, principalmente, quando o tempo passa e o aproveitamos da melhor forma. Conhecer e prosseguir em conhecer os atributos de Deus, viver e observar a vida.

Ao aumentarmos a nossa noção a respeito não ficamos dados às especulações. Também não as repassamos. Grande é a luta porque grande é a vitória, Deus está permitindo isso porque aquilo etc, etc, etc. A sensibilidade aumenta quando se está numa pior, é verdade, porém, o homem é tão naturalmente avesso a Deus que seu quebrantamento dura um intervalo comercial de TV. Isso quando ele não se perde ainda mais desperdiçando a chance de perceber o que é melhor para si.

Decerto, os reveses fazem parte da vida. Não precisam sempre de um propósito pois podem ser um fim em si mesmo. Logo, seja franco encarando os fatos. Especular sobre causas e consequências de um momento adverso é arriscar-se à frustração. Nem sempre a dor é o combustível para um encontro com Deus. Veja em Apocalise a terça parte dos homens ser morta e nem assim o restante se arrepender. Estes somos nós.

E o Criolo [1] tem razão.



Nota:

1.  Criolo reúne talentos de compositor, cantor e MC e surpreende com versos habilidosos, belas canções e letras bem construídas. Versátil, cria e entoa com voz marcante e igual domínio gêneros diversos como samba, reggae, rap, afrobeat, bolero e romântico. Aos 35 anos, 23 deles dedicados ao rap, o criador da Rinha dos MCs lança seu primeiro e aguardado disco de canções, o segundo de sua carreira, produzido por Daniel Ganjaman e Marcelo Cabra. Para saber mais Clique Aqui. Versos da canção Não Existe Amor Em SP.

2. Foto São Paulo em Preto e Branco. Para ver mais fotos Clique Aqui.

Compartilhe
Bookmark and Share

quinta-feira, 19 de abril de 2012

E Geraldo Vandré Tinha Razão

 Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer
.
Tempo bom quando mentes tupiniquins não passavam por processos idiotizantes tão massivos quantos os de hoje em dia. Geraldo Vandré[1] conclamava o povo à reação diante da coerção da liberdade. Povo que por muito menos bradou em defesa de seus direitos ainda que fosse apenas o de não tomar uma vacina[2]. De lá pra cá muita coisa mudou e o povo... bem o povo parece ter sofrido uma amputação cognitiva. Voltou à sua raiz de colonizado esperando sempre por algum trocado do colonizador. Esperando sempre por alguém.

Tomamos esse péssimo hábito até mesmo no exercício da fé cristã. Vez ou outra, escuto pessoas que são templo do Espírito Santo, possuem uma Bíblia e internet banda larga se lamentarem. Alegam que sua igreja não tem determinado tipo de trabalho ou não atua de determinada forma. Detectam a falta, apontam o problema, porém, prosseguem com seu cristianismo inalterado. Se der problema no futuro, “a culpa é do governo”.

Deixa eu te falar uma coisa. Eu me converti numa igreja onde recebi atenção e carinho, porém, não discipulado. Lá, não existia como ainda não existe Escola Bíblica Dominical. Eu poderia ter permanecido como tantos em suspiros desejosos por mudança. Ao contrário, colei com uma cara meio maluco que gostava de questões difíceis e depois logo chegou mais um. Nós nos juntávamos antes e depois dos cultos numa espécie de caça à verdade. Nós nos consumíamos em perguntas e pesquisas por conta própria. Se hoje eu sei como estudar a Bíblia, aprendi com a cara e a coragem juntamente com meus amigos de papiragem.

Fico imaginando o que teria acontecido se tivesse me saciado com o que me era oferecido. Ainda que você ingresse numa universidade para cursar Teologia, terá que ser pró-ativo. Esperar que tudo seja transmitido pelos professores é decidir ser um aluno mediano. Então, por que no exercício de sua fé seria diferente? Por que será que a responsabilidade nunca é sua? Se não há, faça haver. Se não existe, crie. Se não acontece, faça acontecer. Que tipo de barreira poderia lhe impedir na era da web 2.0?

Por isso, se o sistema local lhe aprisiona, faça do seu computador a ferramenta para serrar as grades. Como já escrevi aqui, Não Desperdice O Seu Facebook, nem o seu blog, nem o seu Twitter... Mexa-se ou envelheça. Um senil espiritual cheio de rugas e sem vigor dizendo que assim ficou porque a “culpa é do governo”. Enquanto uns permanecem na praça vendo quem passa, outros estarão fazendo a história. E Geraldo Vandré tinha razão.
 Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição


.
Nota:
[1]. Com a promulgação do AI-5 e o acirramento da ditadura, Geraldo Vandré foi exilado, e morou no Chile, França, Argélia, Alemanha, Áustria, Grécia e Bulgária nos 4 anos que ficou fora do Brasil. Vandré tornou-se uma espécie de "mito" da resistência à ditadura, por ter ficado sem fazer shows no Brasil desde 1968. Seu nome verdadeiro é Geraldo Pedrosa de Araújo Dias. Versos da canção Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores.
.
[2]. No ano de 1904, estourou um movimento de caráter popular na cidade do Rio de Janeiro. O motivo que desencadeou a revolta foi a campanha de vacinação obrigatória, imposta pelo governo federal, contra a varíola.

[3]. Foto de Jonathan Moller em comunidades e acampamentos montados pela resistência à ditadura guatemalteca, cujo objetivo era promover uma  limpeza étnica, encerrada em 1996 com mais de 150 mil indígenas mortos. Para ver mais fotos Clique Aqui.

Compartilhe
Bookmark and Share   


Como Começar A Ler A Bíblia?


Comece pelo livro de João, depois Mateus, Marcos, Lucas e todo Novo Testamento. É comum darem esse conselho a novos convertidos; não é errado nem certo, eu afirmo. Indico apenas uma outra sequência, porque percebo de maneira diferente. Nós, brasileiros, não temos hábito de leitura, que dirá leitura em norma culta com um Português pouco usual. Ela é cheia de figuras de linguagem e expressões populares de outra cultura. É, isso aí é a sua Bíblia.


Somando-se a isso o fato de que o livro de João apresenta Jesus Cristo como Deus, o negócio complica e torna-se desestimulante se o intuito for incentivo para a formação de um estudante das Escrituras. Imagine o primeiro contato ser com um texto que diz "No princípio era o verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus" [Jo 1.1]. Eu não sei você, mas eu acho isso difícil até hoje, sério mesmo.

Por causa disso, eu aconselho começar a ler a Bíblia pelas cartas de Paulo. Elas foram direcionadas para novos crentes, pessoas que vinham de outras culturas e religiões e queriam acertar. Eu sei que o apóstolo foi dotado de conhecimento sobre revelações profundas, entretanto, ainda assim penso serem suas palavras mais acessíveis. Ele dirigia-se costumeiramente com uma espécie de check-list apontando o que fazer e o que deixar de fazer.

Deixai a mentira, não pequeis, andai em amor. Valores encontrados por todas as suas cartas, especialmente no livro de Efésios, minha primeira leitura, e de interpretação facilitada. Tanto que você não precisa recorrer a versões atualizadas e, se possível, no começo, evite-as (elas são superficiais. Não as utilize como fonte principal). Mais rapidamente identificará seus desalinhos, suas debilidades e seus costumes pecaminosos a serem combatidos. Depois disto ocorrerá uma familiaridade com as palavras messiânicas e você engrenerá no exame dos mandamentos.

Por essas razões, quando me perguntam como começar a ler a Bíblia, essa é a minha resposta.

Compartilhe
Bookmark and Share





Direitos Autorais Preservados