quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Música do Mundo e Música Gospel ou apenas Música Boa e Música Ruim?


Eu já tenho falado nos posts Música do Mundo e Música Gospel. Uma Questão Espiritual ou Lei de Mercado? e Se Música do Mundo é Pecado, Por Que Filme Secular Não É? acerca desta dúvida atroz existente em corações aflitos de cristãos que buscam no Google algum tipo de elucidação. Pretendo nesta última [tomara que a seja!] mensagem contribuir para que você se resolva quanto a isso.

Na última semana de julho, a Rádio Melodia dedicou uma semana inteira a debater sobre música cristã. Vários pastores apresentaram uma visão não retrógrada apesar de seus muitos anos de ministérios. Falou-se da quase extinção dos corais que já foram bastante comuns nas igrejas e para tal havia um maestro na mesa debatedora. Lá pelas tantas, ele testemunhou algo incrível e, por que não, escabroso.

Disse ter participado de uma reunião nos EUA, realizada por uma gravadora no final dos anos 1990, na qual fora apresentado um novo estilo de música cristã. A partir dali, os louvores deveriam ter em torno de três minutos e meio [facilitando sua execução nas rádios] sendo alguns entoados preferencialmente no final dos cultos. Em meio a repetição do refrão, o ministro deveria falar alguma coisa [a famosa "ministração"] e depois retomaria a repetição do refrão. Fazendo assim por três domingos seguidos as pessoas já estariam procurando o cd para comprar...

Lembra a Teoria da Conspiração, não é mesmo? Por outro lado, descreve a nossa realidade. Não há como dizer que não é assim, que cantores gospel não tem música de trabalho. Que gravadoras evangélicas não lançam cds de música romântica no mês de junho se valendo de data comercial. Que louvores com média de 6 minutos de duração não tocam nas rádios. Que a música na igreja é meio quadradona e, por vezes, repetitiva. Que sempre começa com duas agitadas e depois duas lentas... Que após a palavra, sempre tem um cantarolar regado de sons melódicos que mexem com o emocional... etc etc etc.

Por essas e outras, a que conclusão se pode chegar? Existe essa coisa de música secular e música gospel ou existe apenas música boa e música ruim? Música de crente produzida por mundano é música gospel? [Pâmela e Dj Dennis]. Eu conheci o Dj Dennis quando ele era um garoto pilotando as pick-ups de uma equipe de som famosíssima. Ele é realmente fantástico no que faz. E música secular cantada por músico cristão continua sendo secular? [Oficina G3 canta U2]. Fato verídico a inspiração em bandas não cristãs.

Mas, e aê? Cristão pode ouvir música do mundo? Música secular é pecado? Medite nas Escrituras e decida você mesmo:  

Porque um crê que de tudo se pode comer, e outro, que é fraco, come legumes. O que come não despreze o que não come; e o que não come não julgue o que come; porque Deus o recebeu por seu. Quem és tu que julgas o servo alheio? Para seu próprio senhor ele está em pé ou cai; mas estará firme, porque poderoso é Deus para o firmar. Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente seguro em seu próprio ânimo.  Rm 14.2-4

Cada um esteja seguro em seu próprio ânimo. Amém.

Permaneçamos firmes!

Atualização em 23/09/2011, 6ª feira: hoje de manhã ouvi o debate da Rádio 93 acerca desse tema e o mesmo me pareceu bastante elucidativo (permanecerá no site por cerca de 5 dias após sua realização). Destaco a divulgação do evangelismo interdenominacional a ser realizado nas proximidades do Rock'in Rio, das 7h30min às 18h, dias 24, 25 e 1º de Outubro. Informações pelo twitter @PrAbnerFerreira.

Este blog é melhor visualizado com o Mozilla Firefox.
Qual é a sua opinião sobre o assunto? Deixe seu comentário aqui, pois, ele é muito importante.
Achou o artigo de utilidade pública? Compartilhe.

Bookmark and Share



2 comentários:

  1. É por isso que já comprei meu kit Rock in Rio para esse fim de semana.

    Vou ficar no camarote da minha sala assistindo tudo na íntegra pela Multishow.

    Abraços!

    ResponderExcluir

Receba Nossas Atualizações Por Email!