quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Quanto Custa A Chegada De Um Bebê? Aprenda Como Se Planejar Financeiramente Para Esse Sonho!

Vamos ter um filho?


Vamos... mas deixa eu lhe falar umas coisas... 

E assim iniciamos, eu e minha esposa, uma verdadeira reunião de alinhamento para a vinda do nosso bebê. Eu tinha consciência de que seria uma mudança abrupta para um outro life style.


Por isso, sinalizei a importância de se adquirir novas habilidades porque quando a criança chora de madrugada, as pessoas que perguntavam "E aê, vai ter filho quando?" não estarão por perto.

Eu tive o privilégio de trocar uns tuítes com o professor Marcos Silvestre colunista da Band News e isso me ajudou muito a ter uma noção do tamanho do desafio. Se você digitar "quanto custa a chegada de um bebê" no Google, encontrará diversos artigos que lhe ajudarão também. 

Eu me recordo que o professor havia me indicado uma planilha na qual os custos giravam em torno de vinte mil reais mais ou menos. Ela incluía o parto, o enxoval, as vacinas e outras coisinhas. E lá fui eu sentar com minha esposa para lhe mostrar a vida como ela é, mas...

Não é bem assim, não!, ela disse quando eu apresentei os cálculos, porém, uma coisa nós acordamos: vamos juntar o máximo possível durante um ano mais ou menos. Começava, assim, o corte de gastos para o fundo de investimento mais importante de nossas vidas: a preparação para a chegada do bebê! :)


O Orçamento Do Bebê


Fuçando um aplicativo aqui, eu encontrei um rascunho de quanto custou o início dessa aventura:

1. Parto (R$3.450,00)
Mesmo com plano de saúde o obstetra cobrou mil reais para fazer. Por um golpe do destino, meu filho nasceu prematuro e não deu tempo de contactar o médico. Por outro lado, pagamos R$1.000,00 de anestesia e R$2.450,00 para guardar as células-tronco do nosso filho (É caro? É, mas isso pode salvar a vida do seu filho um dia... pesquise a respeito).

2. Hidroterapia (R$237,00 por umas poucas sessões após o 6º mês de gravidez)

3. Quarto (R$3.366,00) 
3.1. Mobília 2.550,00
3.2. Climatizador 285,00
3.3. Cortina R$20,00
3.4. Pintura + suporte = R$511,96

4. Chá de bebê (R$2.404,35)

5. Enxoval (R$2.333,21)
5.1. Roupas (R$325,88)+ (R$48,00)+(48,96) = (R$422,78) + (824,63) = 1247,81
5.2. Mamadeira R$163,40
5.3. Kit berço 249,90
5.4. Pinça 22,90
5.5. Thermal bag man 59,90
5.6  Sling 90,00
5.7  Carrinho 200,00
5.8  Chiqueirinho + cadeirinha 300,00

6. Transporte (R$800,00 mais ou menos de táxi, já que na época o Uber não estava liberado no meu município)

TOTAL ESTIMADO: R$12.590,56. Isso foi quanto custou a chegada do nosso bebê!

Tudo pago à vista para a glória de Deus!!! Minha esposa não foi careira no quesito compras, nós adquirimos, por exemplo, carrinho e chiqueirinho de segunda mão (um amigo que foi pai à mesma época, só  com o carrinho gastou R$2.500,00). 

Fiz questão de comprar mamadeiras da MAM porque meu bebê nasceu pré-maturo, logo, era a marca mais indicada (comprei com uma pessoa no instagram que trouxe dos EUA; economizei mais de cem reais).

Não estão na lista, por exemplo, o leite que foi usado nos primeiros dias depois da saída da uti neo-natal (cada latinha de 400g custava cerca de R$140,00. Além disso, o produto só podia ser adquirido ligando para o SAC da empresa). Posteriormente, ele passou a usar um outro leite mais barato (cada lata de 800g R$65,00 mais ou menos).

E as vacinas?


Pois é, sabe que depois de um tempo eu mesmo pensei que não era bem assim como a planilha havia me mostrado? No primeiro ano, até que não, entretanto, com o passar dos meses o pediatra vai mostrando a importância de diversas vacinas que só são disponibilizadas em clínicas particulares.

Sendo assim, só entre o meses de março e abril deste ano foram R$1.300,00 (R$750,00 por dose) de uma lá que eu não me recordo o nome... fora aquela outra... e aquela outra... e a renovação do banco de células-tronco que é anual... a creche... e por aí vai...

Trazendo à tona, mais uma vez a questão de ter ou não ter filhos (clique aqui se você não leu Não Ter Filhos É Pecado?), o mais importante, na minha opinião, é você fazer bem feito o que se propõe a fazer. 

Será mesmo que onde come um, comem dois? Será mesmo que vale à pena realizar um sonho oportuno num momento inoportuno? Será mesmo que é digno ter filhos para viver de "criança esperança" (a avó paga uma coisa, a tia paga outra, o sogro paga outra... francamente, né?!). 

O combinado não sai caro!


Seja qual for a sua decisão, que ela seja em comum acordo com o seu cônjuge e que juntos vocês possam construir seus sonhos. Preze pela qualidade de vida com ou sem filhos. Se minha esposa não se dá muito bem com o calor, imagine como seria ela grávida em pleno verão. Planejamos, então, engravidar de maneira que o bebê chegasse até o final da primavera e assim aconteceu. 

São pequenas coisas que fazem toda a diferença, portanto, instrua-se, converse, aproveite os fóruns e os vídeos no You Tube para aprender e trocar ideias. Caso contrário, uma experiência linda pode virar um verdadeiro tormento!

obs: a chegada de um bebê tem mais força para separar do que para unir um casal. Se quer salvar seu casamento, escolha outro super-herói ;)

E você? Está pensando em se planejar para ter um filho?





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba Nossas Atualizações Por Email!

Link Within

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...