quarta-feira, 9 de outubro de 2013

A Realidade Evangélica No Brasil - Pegando Pesado?


Tenho me perguntado porque tantos cristãos tem se retirado dos templos e das instituições religiosas e porque de alguns anos pra cá isso tem se tornado mais frequente? Existem respostas óbvias e nem tão óbvias assim pra essas perguntas.
realidade evangélica no Brasil
Um olhar mais sensível que entende que Jesus é a luz e que a partir do momento que nos convertemos,isto é,passamos a caminhar junto com ele, essa luz se ergue em nossa existência revelando a verdade.
Um espirito que não abre mão dessa realidade ,mantem os olhos atentos a um cenário que camufla jogos de interesse,amor fingido,a palavra de Deus posta em segundo plano,sobrecarga de inutilidades chamadas de obra de Deus,eventos vazios,formulas maquiavélicas,psicologia barata,repetições exaustivas...e por aí vai!!
Ok, temos uma lista de motivos aparentes.Mas e a raiz desse fenômeno? Porque os templos tem se tornado um ambiente tão insuportável até para os mais mansos de espirito?
Uma das minhas perguntas até teve uma resposta razoavelmente,isso acontece com mais frequência atualmente porque vivemos como viciados em entretenimento, e é interessante como tratamos os objetos(qualquer que seja) que nos oferecem esse entretenimento como templos...isso mesmo,pequenos templos pagãos onde adoramos,cultuamos o deus entretenimento seja ele qual for a tv, o computador,o celular....o maracanã,o teatro,cinema,um livro...e consequentemente a igreja (quatro paredes)...é claro que não estou demonizando todas essas coisas,o que ponho em questão é a indispensabilidade falsa que atribuímos a elas e como essa mecânica nos vicia cada vez mais em entretenimentos fúteis e começamos a reproduzir e exigir isso como corpo de Cristo,abrindo mão da Palavra,por momentos de ataques de epilepsia grupal onde ninguém é alimentado senão o nosso próprio ego...sempre sedento por distrações que aliviem o peso de uma busca por Deus baseada no mito de Narciso.
A religião é reflexo do religioso inevitavelmente os templos dedicados ao Senhor se tornaram tão pagãos como os templos de Avalon, Vênus, do deus gato...
ai você me diz -queeee blasfÊmia!!! 
E eu te pergunto:
Não é um espelho que esta posto nos altares das igrejas evangélicas,não é a palavra de Deus sendo usada para satisfazer caprichos humanos,e pior não é a transfiguração do Deus onipotente,Senhor dos senhores,em mais um dos deuses gregos,um Zeus cheio de artimanhas,intenções,vontades e vaidades dignas do mais fraco e previsível dos humanos?
Qualquer um que olhe para cruz sem manipulação psicológica,sem o famoso''coloque a mão no seu coração'',sem a ''culpa cristã'' , qualquer um que reconheça o ES sem ninguém precisar repetir incessantemente ''a presença de Deus esta aqui'',qualquer um que tem o encontro mais natural que pode haver, que é o encontro da criatura com seu criador...qualquer um que tenha bebido da água dada por Jesus, não aceita a condição de sedento novamente,até porque não é possível pois sabemos distinguir o que jorra da fonte de água viva do que jorra dos templos pagãos.
Somos sim passiveis de cometer deslizes durante a caminhada,e o Senhor é misericordioso e paciente para tornar esses deslizes em lições da parte dele,nenhum crente é perfeito,porém subverter o caminho não é apenas um deslize e sim apostasia.E é engraçado como muitos que saem dos templos são acusados,entre tantas acusações,de apostasia, e ironicamente muitos dos dedos apontados cumprem do alto de seus ''ministérios'' supervalorizados, o papel já revelado na Palavra, abandonando a fé e seguindo espíritos enganadores e doutrinas de demônios. 
Temos nos retirado dos templos ,cada um no seu tempo segundo o direcionamento do Senhor,porque não tem espaço pro Deus que reconhecemos na Bíblia,o Deus imprevisível,aquele que não cogitaríamos controlar, porque sabemos que O seu poder é incomensurável.Claro que existe na igreja membros que se reúnem em templos e vencem a tentação de transforma-los em clubes cristãos de paganismo liberal,mas infelizmente os templos mais populares são os que a ''igreja'' dentro dele não se importa muito em saber ao certo que deus adora,uma igreja que até se submete aos afazeres e um comportamento sócio-moral mas seus espíritos não se convergem para unidade no Senhor...

O importante é que sejamos bons dispenseiros como diz a palavra amar dar em medidas certas o que cada um aguenta receber e o que Deus nos permitir revelar também.Abrir mão muitas vezes até de um ar de arrogância e não deixarmos os ferimentos que nos causaram se transformem em motor de ódio,e entender que os que fazem questão de ferir alguém que até a pouco era chamado de irmão,porque esse irmão não correspondeu as expectativas ''cristãs'' criadas por grupo de mentes humanas ,é semelhante a um animal de estimação que é ensinado a comer em determinado lugar da casa como a cozinha ,ali come por muito tempo e quando esse lugar é alterado o animal dificilmente se acostumará com o novo local,pois acredita que a comida surge somente na cozinha ,e não que é posta pelo seu dono no lugar mais apropriado segundo o juízo dele mesmo...assim fazem com Deus,transformam-o em reflexo de suas limitações de entendimento ao invés de adora-lo com a profundidade da alma do salmo 139.
Não faço apologia a retirada dos templos,pelo contrario os templos e os rituais dentro deles,são feitos por nós, então é de ser esperar falhas e até mesmo pequenas distorções.O problema e quando distorções viram ensinamentos e as falhas são dissimuladas,subestimando a onisciência e até mesmo misericórdia de Deus ...faço apologia sim a uma relação sincera com o Senhor e com os irmãos,a uma consciência de si ,segundo o olhar divino,uma relação íntima independente do local físico ,mas exigente com a experiência espiritual.

Identifico a graça do Pai,quando entendo a limitação de olhar para algo com olhos carnais ,e ser presenteado pelo Senhor com o ES,que possibilita o meu olhar carnal se submeter e vislumbrar a maneira Dele de enxergar as coisas.

Autora: Evelyn Barboza é cristã e estudante de Filosofia da UniRio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba Nossas Atualizações Por Email!