terça-feira, 9 de abril de 2013

Estou Debaixo De Uma Liderança Autocrática. E Agora? Devo Sair Da Minha Igreja?


Sair ou não sair da minha igreja, eis a questão!



Você não fez faculdade de Administração, nunca estudou nada sobre liderança e mesmo assim tem aquela sensação de que existe alguma coisa errada na sua igreja. Lendo a Bíblia Sagrada, você já tinha reparado diferenças entre o que vê no púlpito e o que aprende do apóstolo Paulo quanto ao modelo de um obreiro aprovado. Tenha alguma coisa errada, você pensa, mas ainda assim não sabe direito o que é. Navegando pela web você encontra uma espécie de tira-teima acerca da liderança denominacional no nosso blog (Clique Aqui se você não leu o post sobre como não ser um líder cristão) e conclui: eu estou debaixo de uma liderança autocrática. E agora?

Primeiramente, seja bem-vindo à vida como ela é. Passado o espanto, solte a espada, abaixe o dedo indicador e rasgue os joelhos em oração. Deus não está equivocado em mantê-lo ali até aqui, portanto, você precisará de muito, mas muito discernimento para compreender em que dispensação você se encontra. Suportar o julgo pode fazer parte de um processo individual da parte de Deus. Pode ter a ver com outros irmãos que não são nem locais, irmãos que você nem mesmo conhece, mas que ajudará a levantar quando estiverem sucumbido ao peso dos homens.


Mas, tenha a santa paciência! Sair da igreja vai resolver?


Pense que mesmo você não tirou suas conclusões de pronto. Houve um tempo, portanto, respeito esse tempo dos demais irmãos que ali estão ao seu lado, mas ainda enebriados pela matrix. Não seja taxativo nem mesmo reacionário. Esteja li, ao lado, porque os eleitos chegarão à sabedoria como a luz da aurora e é importantíssimo ter alguém com quem se pode desabafar certas coisas. Cada um tem uma estrutura. Beba o cálice por si e pelos seus, por aqueles que ainda serão acrescentados à congregação dos santos. Você não sonhou em servir como Jesus serviu um dia?


Muita calma nessa hora! Liderança autocrática tem sua utilidade.


Logo, pense qualquer coisa de imediato. Depois filtre os pensamentos com oração e com a Bíblia Sagrada. Não saia imediatamente da igreja só porque constatou fazer parte da obra de um senhor e não da obra do Senhor. Lembre-se, não foi Jonas que cuspiu a baleia, mas a baleia é quem cuspiu Jonas. Por isso, não haja precipitadamente e, procure se tiver, um amigo mais chegado que irmão. Caso, ainda não o tenha, aproveite o momento para a experimentação das doces consolações do Espírito Santo  de Deus. Ele dirá o que, quando e como fazer.

Permaneçamos firmes!

Nós somos Raízes. Nós somos Resistência.

-
Curta a  Fan Page do Blog Pregação dos Loucos ::::: Clique Aqui




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba Nossas Atualizações Por Email!