segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

A Mensagem da Cruz


Porque Cristo enviou-me, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã. 1Co 1.17

Evangelizar. Paulo na sua primeira carta aos Coríntios começa chamando atenção para aquilo que parece ser o foco ou, usando um termo mais atual, o propósito de todo aquele enviado por Deus para apregoar o evangelho. O contexto da mensagem é que os cristãos daquela cidade estavam se perdendo em meio a tolas disputas e facções. Interessante é que Paulo, Apolo e Cefas eram sim homens de Deus e tinham um ministério bastante fértil. Apesar disso, a identificação com um e com outro, coisa normal de acontecer, estava tomando o coração daqueles cristãos. A bandeira principal já não era mais Jesus Cristo, mas sim pormenores do reino. Alguma semelhança com o que vivemos hoje?

Modelos, hábitos, costumes, "doutrinas", "visão", números, templos... uma miscelânia de coisas que por falta de vigilância pode tornar o custo-benefício negativo. Sendo mais claro, é possível gastar-se tanta energia e tempo preservando estruturas e ao final dar-se conta de que tudo deu em nada. Logicamente, há uma necessidade de todas essas coisas sim; o cuidado, porém, é para que essas coisas não façam a cruz de Cristo vã.

Temos menos de uma década completa do atual milênio. Neste curto espaço de tempo, observa-se um sem número de igrejas que entraram "na visão" e agora não estão mais "na visão". Homens que pregavam contra a "teologia da prosperidade" e hoje pregam a "teologia da prosperidade". O nosso Deus é o mesmo Deus ontem, hoje e sempre será; pena, sermos tão diferentes dELE. Muda-se de idéia muito rápido. Ondas vem e vão e parece que o cristão de hoje está sempre à beira da praia esperando pela próxima. Gente boa que tinha tanto ardor em defender seu ponto de vista... hoje nem na presença de Cristo está. Por quê? Almas continua mesmo sendo o foco? Incrivelmente Paulo já naquela época exortava para não se perder tempo com coisas que não vão fazer diferença. Ainda hoje, pessoas perdem tempo precioso debatendo sobre como deve ser o batismo, se por aspersão ou imersão e blábláblá... Que o Senhor tenha misericórdia porque a trave de nossos olhos está deixando opaca a mensagem da cruz...

Ela está se perdendo em meio aos nossos afazeres eclesiásticos. Ela está sendo deixada na estante, nos livros dos heróis da fé, afinal é "estratégico", sabe coé? Temos que atrair o povo, temos que elaborar um leque de opções para distrair as pessoas, a fim de que não somente elas venham, mas principalmente permaneçam. Enquanto isso, ao olharmos nossos antepassados, conhecemos a mensagem que certamente não deixa a cruz de Cristo se fazer vã: Jesus Salva, Jesus Cura, Jesus Batiza com o Espírito Santo e Jesus vai voltar para buscar Sua Igreja! Simples assim... a mensagem da Cuz!


Foi com esta pregação que chegamos até aqui. Foi com ela que aconteceram os maiores avivamentos, vide rua Azuza! Ela é o pilar do cristianismo moderno. Ouso afirmar que cada extremidade da cruz representa uma das afirmativas! Extremidade superior, apontando para o céu, para onde nós iremos e passaremos a Eternidade diz Jesus Salva! Extremidade inferior, tocando o pó da terra, o homem, diz Jesus Cura! Extremidade esquerda diz Jesus Batiza com o Espírito Santo! E extremidade direita diz Jesus virá para buscar a Sua Igreja, quando, então, nos assentaremos com Cristo Jesus à destra de Deus Pai! Ah Senhor... glórias a ti, Pai! Por que será que buscamos sempre uma nova onda, um novo modismo? Parece que a mensagem da cruz é insuficiente, é sem graça... então deve-se sempre criar algo diferente, um "plus".... tem misericórdia, Senhor! Falando o Português claro... é muita paradinha... muito fru-fru, muito glacê... muito isso e aquilo... mas será possível?! Chega! Não dá pra ver que com a mesma intensidade que as vidas vêm, as vidas vão? E tem ido... machucadas... confusas... porque pregaram pra ela tudo... menos sobre a cruz... menos sobre Jesus...

Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. 1Co 1.25

Mas nós pregamos a Cristo crucificado...

Mas nós pregávamos a Cristo crucificado...

Mas nós pregamos a Cristo crucificado?

Mas nós pregamos a Cristo cruficicado?

?

Tem misericórdia, Senhor....


Misericórdia....



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link Within

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Direitos Autorais Preservados