quarta-feira, 26 de julho de 2017

Coach ou Pastor? PNL ou Bíblia? Saiba Agora Mesmo Se Você Pode ou Não Pode Conciliar!



Você já reparou quantos pastores formados em Psicologia existem? Saiba que nem sempre foi assim e que o mesmo acontece com a formação de coach e Programação Neurolinguística, nos dias de hoje.


Há os que rejeitam e dizem que a igreja não precisa disso bem como existem os que não são apenas adeptos, mas que levantam essa bandeira.


Continue lendo esse artigo e saiba mais sobre:

1. Coach x pastor: parceria ou rivalidade?

2. PNL: a substituta da teologia da prosperidade?

3. A igreja corre o risco de perder a identidade?

4. Conclusão




1. Coach x pastor: parceria ou rivalidade?

Eu acredito que todo evangélico que professa a fé baseado nos ensinamentos bíblicos é um coach em potencial. O papel de um discipulador é basicamente o de orientar, do coach também. O discipulador trabalha com objetivo de desenvolvimento, o coach também. 

Portanto, não quero pinçar versículos bíblicos aqui para dar um selo de aprovação à coisa, mas é perfeitamente cabível que, inclusive, um pastor tenha essa formação (pelo menos, a meu ver).

Pastores não precisam ter todas as respostas. Mais do que isso, o tempo que poderia ser investido em oração e estudo bíblico tem sido tomado em gabinetes sem razão. Pessoas que desejam um "personal pastor" ou coisa do tipo, alguém apenas para ouví-las e só. Ora, não significa que não precisem de ajuda, mas significa que não necessariamente devem ser ajudadas por um pastor.



2. PNL: a substituta da teologia da prosperidade?

Todo coach trabalha com Programação Neuro-linguística (Clique Aqui se você não leu PNL É Pecado?), que basicamente usa ferramentas para que as pessoas sejam mais consistentes em suas emoções. Mais senhoras de si mesmas. Vixe, aí é que muito crente torce o nariz porque o homem está no centro da Teologia da Prosperidade também

Agora, repare: não parece ótimo quando alguém é atrapalhada profissionalmente pela timidez e consegue vencê-la? Quando alguém se torna uma pessoa mais decidida e menos ansiosa? Quando derrota o medo de altura e ascende profissionalmente num emprego que requer viagens constantemente?

Essas são necessidades terrenas cujo conhecimento sobre arminianismo e calvinismo não ajuda muito. Iremos morar no céu, sim, porém, há muitas metas a se bater no trabalho e em casa. O que fazer? Pedir para Deus abrir a porta que já está aberta bastando pôr a mão na maçaneta para entrar?


A questão é que boa parte das suas ações, Deus delega a você mesmo. Lembra do que foi dito a Caim: o pecado jaz à porta, cumpre a ti dominá-lo? Cumpria a quem dominar o pecado? A Caim. Deus lhe disse como? Ou Deus já havia lhe dado artifícios? Creio que sim, creio que não haveria missão dada, se ela fosse impossível.



3. A igreja corre o risco de perder a identidade?


Desde o seu nascimento. Há tempos ela anda no fio da navalha e de vez em quando se corta, então, eu não acho que seja por isso ou aquilo. "Se pastores obtiverem formação de coach, cultos se transformarão em palestras"; sim e não. Depende da pessoa, do que ela faz com o conhecimento que tem.


Diversos pastores são desconhecedores da PNL e militam na auto-ajuda. Homens devotos cujas mensagens são repletas de "desertos" e "sonhos", "gigantes" e "bênçãos". O que me intriga é que várias pessoas ignorantes de Cristo estão tocando o coração de outras pessoas. Logo, quando ouço que você tem um futuro em Deus e basta desatar a unção para fazer acontecer, eu fico cheio de interrogações.


É sério. Existem coachs que no altar de uma igreja fariam qualquer crente rodar no poder. São sábios e compartilham o conhecimento sem mistificá-lo. Será que é necessária unção para ter mais disciplina? Mais foco e concentração nos estudos? Mais saúde física? Melhores investimentos além da pobre conta poupança?


Eu acho que não. Por outro lado, se é preciso preencher um discurso com versículos bíblicos para se fazer entender pelos evangélicos, então, que assim seja. Muito do que ouço não me é novidade, mas essa corrente que está se formando tem seu mérito. Muito bom ver pessoas melhorando a si mesmas. Bom demais!


4. Conclusão


Se você precisa de um coach ou de um pastor, de PNL ou de Bíblia, a resposta só você pode dizer. Eu fico com a palavra do meu amigo e consultor, Bruno Ibrahin: André, eu continuo examinando tudo e retendo o que é bom.


Portanto, aquele que come carne não fale mal do que não come. Conheci uns irmãos que relataram a seguinte experiência: todos os líderes de certa organização cristã deveriam fazer curso de coach, segundo à Direção. Isso até o momento em que Deus disse através de um profeta estarem eles trocando a Sua glória pela de homens. O projeto, portanto, foi cancelado e eles passaram a repetir: aqui não tem essa de coach, aqui é oração!



Sinceramente? Trocaram um pecado pelo outro [orgulho]. E mais, pecado pra eles, pois, assim Deus lhes disse. Não significa que seja para mim ou para você, não é mesmo? Como eu disse na postagem PNL É Pecado?... é fácil criticar e não apresentar alternativas. 



Francamente: você ora pedindo a cura de um resfriado? Você clama pedindo a Deus para te livrar de uma fisioterapia? Então, ou você trata o espiritual com o espiritual, ou segue pedindo ressurreição a quem já lhe deu a vida!

Permaneçamos firmes!


Ah, Curta e Compartilhe! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba Nossas Atualizações Por Email!