terça-feira, 6 de maio de 2008

EU NÃO QUERO CRESCER!


"É necessário que ele cresça e que eu diminua". Jo 3.30


João Batista. Alguém cujo destino fora traçado antes mesmo de seu nascimento e, o principal, fora seguido à risca. Seu pai, Zacarias, parece mesmo ter sido um excelente discipulador. Como sacerdote, passou todo o seu conhecimento a respeito da Lei e principalmente acerca da vontade de Deus na vida de seu único filho.

A Bíblia diz que "o menino crescia, e se robustecia em espírito, e esteve nos desertos até ao dia em que havia de mostrar-se a Israel" (Lc 1.80). Pela ordem natural das coisas, João Batista seguiria a carreira do pai, sacerdote. Zacarias teve o temor e a sensatez de obedecer à direção de Deus separando o filho desde a mais tenra idade para o nazireado. Por certo, nada fácil para um menino ser o diferente da turma, ser aquele que não fazia "enquanto todo mundo faz...", aquele que não podia, enquanto "todo mundo pode...". Talvez por vezes passou pela sua cabeça a comum pergunta de tantos crentes: por quê? Porque eeeeeeu é que tenho que estar aqui no deserto? Por que logo eu fui separado para o nazireado enquanto está todo mundo se divertindo? Por quê?

Será que alguma vez na vida você já ouviu ou já fez tais perguntas?

Um fogo estranho está adentrando as portas de muitas congregações porque o negócio agora é crescimento. Você tem que crescer... tem que progredir... tem que prosperar... tem que romper... tem que dar certo... tem que bater metas... você tem que mostrar que você é o bom porque isso é sinal de que Deus tá contigo... u-hú. Daí, nos vemos em meio a "corrida dos ratos", jovens velozes e furiosos atrás das demais coisas deste mundo. Antigamente a pergunta era "E aê? Está firme com Jesus?"; agora é "E aê? Como está sua vida? Está trabalhando? Está estudando?". Não não... fazer faculdade e tudo mais é um benção, não quero contradizer isso. Só que na minha Bíblia está escrito que mais vale edificar a casa sobre a Rocha e buscar o Reino de Deus em primeiro lugar. O importante é tomar cuidado para se contar o todo da verdade e não apenas uma parte dela. Como assim? Dá um glória a Deus que já já você vai entender...

Desde quando carro e um bom emprego são requisitos para formação de um bom caráter? O que era padrão moral anos atrás, virou caretice até mesmo no meio evangélico... Ora ora... nos corredores do templo ou na cantina, o papo das meninas é que se ele não tem carro... não rola! O SANGUE DE JESUS TEM PODER! Como conseqüência, rapazes desesperados na busca do ouro... na busca de "colar" com o pastor ou com o pessoal do louvor... sabe como é... ser considerado, ter contexto, aquelas coisas... comunhão comunhão, alguém diz... argh!

Estou com uma dose de alegria a mais pelo bi-campeonato conquistado pelo Flamengo - raça, amor e paixão! Calma calma... não fique bravo, deixemos as discussões loucas de lado, apenas leia. A Nação toda feliz e sempre tem um "cara de empada" para falar, "Hã? O que adianta? O Flamengo ganhou e tá todo mundo duro do mesmo jeito". Esse é descendente de um dos 10 espias! Tá amarrado! Nem só de grana viverá o homem, caramba, deixe o povo já tão sofrido ter alguns momentos de alívio!!! Agora, o pior mesmo é que essa praga já chegou nas congregações quando alguém que não está vigiando tanto diz, "Hã? O que adianta? Tá dentro da igreja dando glória a Deus mas tá duro!". Então o certo é ir para Maçonaria???????? O SANGUE DE JESUS TEM PODER!!!!! Então a promessa do arrebatamento não é mais a esperança do crente? Então a graça salvadora já não é mais a razão do nosso louvor??? Então sangue de Jesus que limpa o pecado nada vale se não vier acompanhado de um carro e um bom emprego??? Meu Deus... meu Deus... meus Deus... tem misericórdia Senhor... tem misericórdia...

E agora, meu irmão e minha irmã, você está aí... nem rompe como alguns exigem e nem vive o seu nazireado. Lembra? Quanto tempo você não entra naquele retété abençoado? Lembra? Quanto tempo você não sobe o monte, não evangeliza? Riram tanto de você, não é? Caçoaram tanto que você agora não consegue ser quem você nasceu para ser. Teve que se enquadrar para ser aceito. Que bela porcaria, não? Será que foi fácil para João Batista, enquanto adolescente não poder fazer o que todo mundo fazia? Talvez ele quisesse muito ser igual a todo mundo, ser normal, porém, não dava. O mistério era outro! Ele sabia disso, sabia quem era e teve um sacerdote para lhe falar a verdade absoluta sem censura.

Ô evangélico, olhe para você. Você agora está frio na fé. Freqüenta a igreja todos os domingos, entra nas estatísticas e só. Nada mais. Você tem que crescer, não é? Tem que prosperar, não tem?! É bíblico lutar por uma melhor qualidade de vida, claro que sim! Quem já ficou um longo tempo com nome sujo sabe o tormento que isso é. Só que muitos Davis estão sofrendo por insistirem em usar a armadura de Saul. Uma geração está se perdendo em meio as preocupações da vida porque alguém falou que você tem que ter isso e aquilo. Uma geração que provoca vergonha tamanha ignorância em relação ao conhecimento da Palavra de Deus. Suas festas não são aceitas por Deus nem muito menos seus canta-canta-louva-louva (Amós 5.21-25) porque fazem na carne, sem revelação da vontade divina. O coração endureceu e a sensibilidade espiritual se perdeu.

Lamento dizer que o pódio que muitos dos seus amigos estão subindo você não chegará nem perto. Lamento dizer que a virada tão sonhada pode não acontecer da maneira que você quer ou nem acontecer. João Batista não tinha sonhos? Não tinha promessas? Zacarias lhe falou toda a verdade e ele não apenas aceitou mas compreendeu. Entendeu que a coisa para o lado dele era diferente. Que alguém tinha que fazer o que ninguém queria, o que não dava ibope, nem status, porém, era a vontade de Deus para a sua vida!

Lamento informar, varão, brother, irmão, que a prosperidade tão venerada nos dias de hoje é sim um dom de Deus. Isso é parte da verdade. O outro lado censurado é que se é dom de Deus, ELE dá a cada um conforme sua soberania:

"E a todo o homem, a quem Deus deu riquezas e bens, e lhe deu poder para delas comer e tomar a sua porção, e gozar do seu trabalho, isto é dom de Deus". (Ec 5.19)

"Dom", no grego é mattah, significa presente. Isso a gente dá a quem quer e quando quer. Sentido bem diferente de charisma, termo usado por ap. Paulo para se referir aos dons espirituais, únicos aos quais o homem pode pedir e receber. Todos os outros tipos de dons são dados pelo ato soberano de Deus. E analisando o contexto, riquezas e bens denotam uma condição de fartura sem igual, afinal foram escritas sob a ótica de Salomão, alguém que conhecia muito bem o que era isso.

Todos podem ser prósperos? Graças a Deus! Todos podem conhecer a fartura? Não. Então, filhinhos, cuidado para não pecarem cobiçando o carro do irmão, aqueeeele... vocês sabem! Dá glória a Deus porque você não está a pé! Não sinta vergonha do seu fusquinha porque satanás não tem medo de carro importado!!!

Rapaz... não tem como dizer que isso é conversa de teólogo e blábláblá somente para agradar o seu ego e não "matar" os seus sonhos! Só lamento. Se quiser viver se enganando parabéns! Sinto muito, mas, existem coisas para mim e para você que são uma utopia. Ponto. O que fazer então?

"É necessário que ele cresça e que eu diminua". Jo 3.30

Esse é o verdadeiro crescimento! Eu sei que alguns poucos estão lendo isso e Deus está bradando contigo na terra! Porque não tem jeito, meu irmão: parafuso de profeta tem uma volta a mais! Não tem jeito! Pare de fugir como Jonas. Pare de tentar ser alguém que você não é. Alegre-se pela vitória do teu semelhante mas não fique obcecado por caminhos que não são os seus!!!!! Ei irmã! Quem vai dar conta do teu casamento fracassado feito na base do interesse? Quem vai dar conta das almas preteridas pela segurança financeira? Quem? Do que adianta conquistar na terra e ter um sorriso amarelo nos céus? Sua vida é preciosa demais para você desperdiçá-la!

João Batista fez certinho. Criou-se no deserto. Seus coleguinhas criaram-se na cidade. Vestia pano de saco. Seus amigos tinham as melhores roupas. Comia gafanhoto com mel. Seus amigos nos melhores restaurantes. Ele diminuiu em tudo, mas, cresceu na graça e no conhecimento. Quando Deus o chamou para o ministério, sabia onde encontrá-lo: no deserto! E você minha irmã? E você, meu irmão? Se Deus resolve te chamar hoje, ELE sabe onde te encontrar? Você está fazendo o que foi chamado para fazer?

Esse é o preço do chamado, querido. Não tem jeito, tu és profeta. Quando o Senhor chamou João Batista, aqueles mesmos amigos que tinham tudo foram até ele perguntar: será que você pode nos batizar?

Está entendendo, abençoado? Deixe que Deus cuida de você, varão! Tu não deves satisfação a colega, a fulano ou ciclano. Põe-te na posição e verás a glória de Deus! É o preço do chamado. Esteja sensível para o kairós (tempo oportuno) de Deus para você, agora. Não adianta ficar protelando... Quando tu resolverás de fato e de verdade perder a sua vida para então ganhá-la? Quando tu decidirás abrir mão dos teus sonhos e carregar a sua cruz? Quando, de verdade, tu escolherás o verdadeiro crescimento?

Quando?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba Nossas Atualizações Por Email!